ODecreto 10.497 de 2020 institui o Mês Nacional da Ciência, Tecnologia e Inovações para a realização de atividades coordenadas pelo Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações (MCTI) ao longo do mês de outubro. Hoje (3) a programação continua e promove aos participantes um dia inteiro conhecendo a Embrapii – Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial, organização social vinculada ao Ministério.

O diretor de Operações da Embrapii, Carlos Eduardo Pereira apresentou a palestra “A Embrapii e a Inovação Industrial no Brasil”, com o objetivo de mostrar onde o Brasil se encontra na evolução da inovação e industrial e quais são os potenciais do país.
 “A Embrapii foi criada buscando uma solução para esse contraste entre a alta produção científica, essa grande capacidade que a gente tem de gerar ciência, e o baixo desenvolvimento tecnológico”, destacou.

De acordo com o diretor, no Brasil grande parte das empresas não possui centro de P&D e, quando possui, ainda são muito pequenos. “Apoiar as empresas brasileiras a desenvolver projetos de P&D e a eventualmente criar esse centro de pesquisa, desenvolvimento e inovação”, disse Carlos Eduardo ao citar os desafios da Embrapii. Aumentar o investimento da indústria em projetos de PD&I também foi citado pelo palestrante.

A Empresa Brasileira de Pesquisa e Inovação Industrial se depara com outro desafio, que é melhorar o baixo índice de inovação tecnológica, porque na visão dele é necessário fornecer um formato diferenciado para a pesquisa, desenvolvimento e inovação no Brasil. “O ciclo de vida hoje dos produtos inovadores é cada vez mais curto”, disse o diretor, ao falar da necessidade de maior agilidade na aplicação dos recursos financeiros/orçamentários para o setor.

A Embrapii tem como missão fomentar projetos de inovação das empresas com Instituições de Ciência e Tecnologia (ICTs) credenciadas (Unidades Embrapii) para ajudar o setor produtivo a ser mais competitivo.

O “Modelo Embrapii” também foi outro destaque apresentado pelo diretor de Operações e tem como diretriz estabelecer agilidade, flexibilidade e baixa burocracia; a propriedade intelectual é estabelecida entre a empresa e a Unidade; e o não contingenciamento dos recursos, assim como a alavancagem de investimento empresarial em P&D. A instituição com capacidade de monitoramento, acompanhamento e avalição dos projetos e a prestação de contas, que é feita pelas Unidades Embrapii sem riscos para a empresa, também foram pontos abordados na apresentação da empresa aos internautas.
Na visão geral mostrada por Carlos Eduardo, os participantes da programação do Mês Nacional da Ciência, Tecnologia e Inovações tiveram a oportunidade de entender a importância de uma empresa voltada para o setor de pesquisa e inovação industrial no Brasil.

Para assistir essa e as demais palestras promovidas pela Embrapii acesse o canal do Ministério da Ciência, Tecnologia e Inovações no youtube: www.youtube.com/mctic

E continue acompanhando as atividades do Mês Nacional da Ciência, Tecnologia e Inovações pelo site: https://semanact.mcti.gov.br/

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *