Brasil não possui telescópios de uso profissional apenas no Observatório do Pico dos Dias, gerenciado pelo Laboratório Nacional de Astrofísica. Através de consórcios internacionais, nos quais representa os interesses brasileiros, o LNA coordena o acesso dos pesquisadores de instituições brasileiras de ensino superior e pesquisa em astronomia a três telescópios: o SOAR, localizado nos Andes chilenos e possuidor de um espelho de 4,10m de diâmetro, e os gêmeos Norte e Sul do Observatório Gemini, um localizado próximo ao SOAR e outro localizado na Grande Ilha do Havaí, ambos com diâmetro de 8,10m. Venha conhecer estes gigantes que também têm alavancado a astronomia brasileira!

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *