Dentro da programação do Mês Nacional de Ciência, Tecnologia e Inovações (MNCTI), este domingo (1º) foi dedicado ao Centro de Gestão e Estudos Estratégicos (CGEE), organização social do MCTI. O canal do ministério no YouTube trouxe uma série de palestras e oficinas trazidas por pesquisadores do CGEE, incluindo uma entrevista com a diretora Regina Silvério.

A instituição trabalha com pesquisas, estudos e avaliação de estratégias nas áreas de ciência, tecnologia, inovações e educação a fim de apoiar a tomada de decisão por agentes públicos e privados e ajudar na implementação de políticas públicas. Entre os principais trabalhos expostos pela diretora estão o Observatório de Inovação para Cidades Sustentáveis e o projeto Oportunidades e Desafios da Bioeconomia (ODBio), que vai apoiar a implementação da Estratégia Nacional de Bioeconomia.

O primeiro projeto é coordenado pelo MCTI, com financiamento do Fundo Global para o Meio Ambiente (GEF) e parceria do Programa das Nações Unidas para o Meio Ambiente (PNUMA). “É uma plataforma virtual dedicada ao mapeamento e divulgação de soluções para ambientes urbanos contextualizados no território nacional por meio de tipologias de cidades e regiões. Ele tem o objetivo de divulgar soluções urbanas e potencializar os resultados, tendo em vista uma visão de futuro para as cidades sustentáveis e promover o planejamento urbano de forma integrada”.

Já o segundo projeto tem foco em aproveitar as riquezas nacionais no campo da bioeconomia. A intenção é, dentro da estratégia, ter um banco de informações e uma estrutura de governança onde o tema pode ser debatido. “A gente tem como expectativa no projeto apresentar uma proposta de construção de um observatório e modelos de governança no tema, que a gente sabe que é extremamente importante porque é uma estratégia com participação de vários atores que participam das oficinas de trabalho que temos feito”.

Outras iniciativas do CGEE são a participação no programa Ciência na Escola, do MCTI, estudos sobre a Lei de Informática, Lei do Bem, assim como os trabalhos sobre mestres e doutores no país e um estudo sobre as Ciências Humanas, Sociais Aplicadas, Linguística, Letras e Artes.  (CHSALLA).

“Nós entregamos um panorama que aponta o perfil dos pesquisadores dessas áreas e o perfil das pesquisas nessas áreas. O panorama mostra que as pesquisas têm uma convergência direta com todas as áreas estratégicas que o governo trata, como saúde, educação, bioeconomia, todos de forma a contribuir com vários temas estratégicos para o desenvolvimento do país. Isso tem um impacto direto na vida do cidadão brasileiro”.

Mais temas apresentados pelo CGEE durante este domingo (1º) foram o projeto CubeSats, desenvolvido pelo Observatório de Tecnologias Espaciais e o projeto Ciência, Amiga das Abelhas. Acompanhe toda a programação do Mês Nacional da Ciência, Tecnologia e Inovações no canal do MCTI no YouTube: www.youtube.com/mctic

Deixe uma resposta

O seu endereço de e-mail não será publicado. Campos obrigatórios são marcados com *